Sexta Meia Noite

Sextacast 172 – Fragmentado

5/5 (2)

No AR mais uma edição do seu, do meu, do nosso e de todo mundo, SextaCast!

Hoje vamos falar de sanidade, loucura, múltipla personalidade, identidade e claro… vamos falar sobre ninguém mais ninguém menos que… Manoj Nelliattu Shyamalan! Popularmente amado ou odiado pelo nome de M. Night Shyamalan.

Marlon Master, Evandro Saldanha e Dayana Sartório embarcaram numa verdadeira viagem psicológica pela mente de Kevin Wendell Crumb para tentar entender todos os fragmentos das suas 23 personalidades e etc, etc, etc..

Comentado no programa

Sextacast 33 – Mr. Night Shyamalan

Sextacast 73 – Identidade

Sextacast 92 – Comunidades Alternativas 

Sextacast 158 – Sexto Sentido

Trailer

Mande E-mail com SUGESTÕES, CRITICAS E PUXÃO NO PÉsextacast@sextameianoite.com

E não se esqueça de CURTIR a página do Sexta Meia-Noite no Facebook:

Sextacast no Facebook

Baixe o programa clicando em “Download”, logo abaixo, com o botão direito de seu mouse e escolhendo “salvar link como”.

FEED-SE!

Avalie!

Ser da Meia-Noite

  • Marciaoe Erika

    Primeiramente devo agradecer a vocês por assistir esse filme (tenho a impressão que vou falar muito isso) comecei a ouvir o podcast e quando soube que era do Shyamalan e ele tinha acertado, parei e fui assistir o filme! Genial! Um resgate da genialidade que fez o nome dele! Achei desnecessária a cena dele andando na parede até ver o finalzinho!!! Muito bom o episódio! Abraço a todos!

  • Gean

    Eu tinha desistido do Shyamalan, achava que era um cara que se perdeu no próprio ego. Me surpreendi com ele, conseguiu fazer um bom filme retornando a velha forma. Gostei do filme e do Cast.
    Obs: Façam um cast sobre GET OUT, achei um filmaço!
    Abraços!

    • Todos pedindo! Já estamos nos aprumando para ver sim!

      Abraços, Gean! =)

  • Muito legal o episódio desta semana.
    Estava meio assim-assim sem pressa de ver este filme, mas depois de ouvir as considerações de vocês mudei a prioridade para ontem, e valeu o tempo.
    A curiosidade que ficou é se virá uma continuação misturando o universo de Corpo Fechado, talvez surgindo até outros supervilões e super-heróis.
    Ao final foi isso que entendi da capacidade da Besta de andar pelas paredes, um personagem com superforça, como as das comic novels, um filme de super-heróis para adultos, exceto que no caso deste o protagonista foi o vilão, como seria em um filme do Coringa.
    No mundo real nem sempre o herói chega a tempo, mas a aleatoriedade do vilão pode fazer com que ele dispense uma vítima para deixá-la viver com o trauma dos acontecimentos sofridos, e no caso da personagem do filme ainda restam dois caminhos aparentes, dela vir a se tornar uma vilã, seguidora da Besta, ou se tornar uma heroína com poderes que ainda não conhecemos.

    • Evandro Saldanha

      Gostei desse ponto de vista, afinal os heróis nascem de grandes perdas ou traumas. assim como os vilões. os dois andam em linhas paralelas, lado a lado.
      Bem observado Ivan.
      Valeu.

      • Olha só, Evandro, já temos nome e data para a conclusão da trilogia. Unbreakable –> Split –> Glass (2019), unindo todas as personagens dos filmes anteriores.

        http://www.imdb.com/title/tt6823368/

  • carlos kuster

    O shyamalan conseguiu voltar depois de filme horriveis como a dama da agua e fim dos tempos e to cheio de expectativas para o split 2 que promete ser a grande bomba do shyamalan ou seu grande classico

    • Também não gosto de “Dama na Água” e “Fim dos Tempos”, mas uma coisa é certa…Shy gosta de ser diferente!
      E o que você disse é verdade…nunca sabemos se é uma bomba que vem chegando…ou um clássico! O jeito é esperar!

      Grande abraço, Carlos!

  • Ricardo Rocha

    1 hora passou voando… Gente não sei se não prestei atenção mas faltou falar sobre a cenas do tio com a Casey quando ela era criança e sofreu abuso sexual. Ficou tão genial e pesado ao mesmo tempo. Outra coisa interessante é quando a policial no final, fala pra Casey que o tio dela chegou, ela por ser mulher percebe algo no olhar na garota, algo como um pedido de socorro. Há muitas camadas, e a direção é primorosa, velhos tempos de Shyamalan. Muito bom esse cast seres da noite adorados. Abraços, seu fã n° 1.

    • Opa, Ricardo!
      Bom tê-lo aqui!

      Sim, falamos sobre esse momento de Casey e o tio, só não demos muito enfoque. Está mais precisamente no minuto 00:39:01 desse programa.
      Até falamos dessa cena final de Casey e a policial.
      Esse filme tem muito a ser falado, tentamos nos conter.

      Obrigada pelo teu comentário!
      E até uma próxima!
      Abraços.

      Dayana Sartorio

    • Evandro Saldanha

      Sim Ricardo, falar de fragmentado em apenas uma hora é pouco, procuramos não entregar muito, e manter o papo centrado. mas sim, tem muitas camadas, e a criação da Casey foi muito inteligente, fazia tempo que uma mulher não aparecia tão forte num filme dessa categoria. valeu peos apontamentos.
      Até uma sexta meia noite.

Siga-nos

Você pode acompanhar o sextameianoite.com nos perfis sociais abaixo:

Populares

Os Mais Comentados

Ver ícones
Sair
/* ]]> */