Sexta Meia Noite

Sextacast 149 – A Bruxa

3.33/5 (3)

Olá amigos, Seres da Meia Noite! No ar mais um Sextacast!

Dessa vez para discutir um tema especial e atual. Sim, meus amigos! nNesta edição Marlon Master, Dayana Sartorio, Evandro Saldanha e Rafael Tanaka se encontraram em torno de uma fogueira no meio da floresta para analisar e compartilhar suas impressões sobre “The Witch”. O filme que vem causando polêmicas nas últimas semanas.

Apertem o play, apague as luzes, feche os olhos e aumente o som, pois o sextacast está de arrepiar!

COMENTADO NO PROGRAMA

Sextacast 20 – O Iluminado

Sextacast 40 – O Bebê Rosemary

Sextacast 59 – A Bruxa de Blair

Sextacast 138 – Babadook

Sextacast 143 – Corrente do Mal

TRAILER

Mande E-mail com SUGESTÕES, CRITICAS E PUXÃO NO PÉsextacast@sextameianoite.com

E não se esqueça de CURTIR a página do Sexta Meia-Noite no Facebook:

Sextacast no Facebook

Baixe o programa clicando em “Download”, logo abaixo, com o botão direito de seu mouse e escolhendo “salvar link como”.

Avalie!

Ser da Meia-Noite

  • Rasgox

    [spoiler] Achei o filme sensacional, realmente foi uma boa surpresa ter um filme que trabalha tão bem o medo e não o susto, pra mim pode ser considerado um filme de arte devido a qualidade de roteiro, figurino, fotografia, atuações e etc… Só achei que a cena da levitação foi totalmente dispensável, tudo que criaram de realismo e mistério ficou esquecido ali, alguém tinha que ter avisado ao diretor pra parar com ela chegando na fogueira.
    Filme 10/10, cena da levitação 01/10. Mas mesmo assim é um dos melhores filmes de terror pra mim, faz você pensar e querer saber mais depois que acaba.

    • Olá, Rasgox!

      Puxa…é verdade! Você tem razão! A cena da levitação é desnecessária. Se a cena parasse no momento em que ela chega na fogueira, nossa imaginação faria todo o resto de maneira ainda mais fantástica. Boa observação!

      Claro que esse é apenas um ponto, não desmerece o filme.

      Grande abraço a você e obrigada pelo comentário!

  • Priscila

    Yay que saudades de vocês! Vou ter que correr por fora e ouvir um monte de episódios acumulados…

    A galera toda reunida para falar sobre o meu filme atualmente favorito?? Tô dentro!

    Eu compartilho dos sentimentos do Marlon, sai pensando e fazia muito tempo que eu não via um filme de medo e não de susto…

    Adoro ouvir a opinião de vocês e dessa vez não tenho muito a acrescentar pois partilhamos da mesma opinião rs

    Por favor não parem NUNCA! Adoro vocês, sempre animando minhas tarde de trabalho no escritório… Até a próxima, seres da meia noite! Vou me manter mais atenta a atualizações, porque deixar acumular é osso!

    Ps. eu não aguento mais esses filmes de terror que se baseiam 60% em efeito de som alto e 40% em efeito visual brusco para tirar gritos da audiência a qualquer momento e sem função alguma para criar um clima tenso e imersivo. Terror pastelaria. ” Vou comprar outra pipoca” – Day falou tudo.

    • Hello, girl!

      Simmmm! Não aguento mais de verdade os filmes de terror no cinema! Estou escolhendo no dedo o que ver. A indústria está fraca! Mas eu já debati isso no cast.

      Obrigada pelo comentário e incentivo a continuarmos!

      Sobre o filme: é bem como Marlon disse “é filme de ame ou odeie!” O gosto pode ser dúbio!

      Até breve, Pri!
      Um beijo no teu coração! =)

  • Ivan_PD

    Esse filme me fez recordar de considerações que fiz, e vocês daqui também, comparando filmes de terror e contos de fada.
    Frutos da mesma árvore.

    Aliás quero rever esse filme mais vezes para pegar mais sutilezas dele, acho que ele se torna mais aterrador quanto mais se pode perceber suas nuances.

    Uma observação, entendi as provocações de Dayana quando vocês tocavam no assunto sexo como brincadeiras, mas acho que isso os intimidou de alguma forma, principalmente Rafael, e não foram mais a fundo nessas considerações, ela mesma chegou a falar um pouco, mas acho que poderiam ser menos tímidos.
    Por que o sexo é tão aterrorizante para os personagens e qual a relação disso com o fanatismo religioso.

    Obrigado pelo episódio.

    • Olá, Ivan!
      Satisfação tê-lo por aqui!

      Sim, “A Bruxa’ mamou literalmente em contos de fadas, principalmente nos obscuros.

      Também quero rever! Filmes como esse, precisam ser revistos para que as percepções sejam melhor trabalhadas.

      Quanto a questão sexual, bem…sexo é tabu em nossa sociedade. E nem falo apenas no quesito nacional, mas sim mundial. É simples e é mal visto (ainda). Porém, é instigante, chama a atenção. E é extintivo, já que somos mamíferos. Creio que seja por esses motivos, ele ser aterrorizante para as personagens. Se é fator extintivo e eles vivem isolados…terão que praticar incesto e só esse fato, já os distancia da religião. Um tem relação com o outro e um destruirá o outro.

      Obrigada pelo apontamento.
      Abraços!

Siga-nos

Você pode acompanhar o sextameianoite.com nos perfis sociais abaixo:

Populares

Os Mais Comentados

Ver ícones
Sair
/* ]]> */